Conheça Os Parâmetros De Qualidade Da Água

Conheça Os Parâmetros De Qualidade Da Água!

Você sabe quais são os parâmetros de qualidade da água? É comum pensar que não ter cor, ser insípida e inodora são as características determinantes para avaliar se este líquido está apropriado ou não para ser consumido. Afinal, é isso que aprendemos na escola, certo?

Embora sejam pontos importantes, há outros aspectos determinados pelo Ministério da Saúde que devem ser levados em consideração. Até porque existem diversos microrganismos, sujidades e produtos tóxicos que podem estar contidos neste recurso de forma imperceptível a olho nu.

Seja para o abastecimento das casas, seja para a utilização na indústria, zelar pelo bom estado da água é de extrema importância para proteger as pessoas, a natureza e também garantir produções de qualidade. Na fabricação de cerveja, por exemplo, a riqueza deste componente é uma vantagem, já que cerca de 95% da bebida é constituída deste insumo.

Por isso, ter atenção a esses parâmetros é tão importante. Por meio da avaliação deles é possível verificar se as etapas de tratamento da água foram efetivas. Continue a leitura e saiba mais!

Quais são os principais parâmetros de qualidade da água?

Como vimos, conhecer os parâmetros de qualidade da água é indispensável para avaliar se o recurso está apropriado ou não para o consumo humano. Além disso, essa avaliação é definida por lei.

Todos os aspectos importantes de serem observados constam na Portaria nº 888/2021 do Ministério da Saúde, que dispõe sobre os procedimentos de controle e vigilância dos padrões de potabilidade deste insumo.

No geral, tratam-se de características físicas, químicas e biológicas. Veja, a seguir, mais sobre cada uma delas!

Parâmetros de qualidade da água — aspectos físicos

Parâmetros de qualidade da água — aspectos físicos

Os principais aspectos físicos de serem avaliados na análise da qualidade da água são:

  • temperatura: a temperatura é um ponto muito importante de ser observado, pois ela interfere em outras propriedades desse líquido, a exemplo da sua densidade e viscosidade. Além disso, a depender da intensidade do calor, algumas vidas marinhas podem ser prejudicadas, se tratando de especialmente de efluentes líquidos que serão despejados na natureza;
  • cor: para ser considerada potável, a água deve ser incolor (transparente). Quando é identificada cor, significa que existem substâncias em solução presentes nela, a exemplo do ferro. Resíduos vindos de esgotos industriais e domésticos também costumam adicionar cor neste recurso;
  • odor e sabor: a água deve ser inodora e insípida para atender aos padrões de potabilidade. Quando essas características são notadas neste recurso, significa que há presença de fungos e bactérias, cuja origem pode ser natural (das algas, por exemplo) ou dos esgotos das residências e fábricas.

Parâmetros de qualidade da água — aspectos químicos

Parâmetros de qualidade da água — aspectos químicos

Quanto aos parâmetros químicos da qualidade da água, costumam ser avaliados:

  • pH (Potencial Hidrogeniônico): trata-se de uma escala numérica utilizada para representar o nível de acidez ou basicidade de uma solução. No caso da água, é importante que essa medida esteja entre 6 e 9 para não afetar a saúde humana e animal;
  • alcalinidade: quanto maior o pH desse líquido, maior a sua alcalinidade. Essa propriedade diz respeito à capacidade da água de resistir à acidificação. Quando ela está muito alta pode adicionar sabor ao líquido, o que não é o ideal;
  • dureza: esse parâmetro de qualidade da água diz respeito à concentração de minerais presentes na água, como cálcio e magnésio. Quanto maior a quantidade desses elementos, mais duro é considerado este insumo. Segundo o Ministério da Saúde, para abastecer a população, o ideal é que o recurso atenda ao limite de 500 mg de carbonato de cálcio por litro;
  • presença de elementos químicos: alguns elementos químicos, como visto no ponto anterior, interferem na qualidade deste insumo e, portanto, precisam ser monitorados. Alguns exemplos além do cálcio são: ferro, manganês, fósforo e nitrogênio.

Parâmetros de qualidade da água — aspectos biológicos

Parâmetros de qualidade da água — aspectos biológicos

Lembra que algumas características físicas que interferem na qualidade da água (cor, cheiro e sabor) podem surgir em vista da presença de algas e de resíduos humanos e industriais?

Os parâmetros biológicos estão relacionados justamente à presença desses dejetos na água. Os principais são:

  • coliformes: assim é chamado um grupo de microrganismos que está presente, especialmente nas fezes de humanos e animais. Para ser considerada potável, a água não pode ter coliformes, pois isso pode provocar uma série de problemas de saúde nas pessoas. Geralmente, a presença desses corpos indica que o recurso teve contato com esgoto;
  • algas: esses seres exercem um papel muito importante no meio aquático, pois são responsáveis por produzir uma boa parcela de oxigênio. Porém, quando em excesso, elas prejudicam este insumo, dando sabor, odor, cor e toxicidade, características físicas inapropriadas e que dificultam o seu tratamento.

Então, gostou de conhecer os parâmetros de qualidade da água? Como você pode ver, é a partir da avaliação desses aspectos que é possível saber se a água distribuída para a população ou utilizada na sua indústria está ou não dentro dos padrões ideais de consumo previstos na legislação.

Ter cuidado com este insumo é extremamente necessário, pois qualquer descuido pode trazer grandes prejuízos para as pessoas e para o meio ambiente. Por isso, também é importante conhecer os processos de tratamento da água. Continue no nosso blog e entenda quais são essas etapas de cuidado!